20 dezembro 2008

Olhá lista!! - 1ª parte: filmes do ano

E pronto. A C70 começa aqui a cumprir aquela que é a obrigação de qualquer blogue que se preze: fazer o balanço do ano que está a acabar, dizer do que gostou mais, do que gostou menos e do que não gostou mesmo nada. E considerando que aqui se fala quase exclusivamente de música, nada como começar por falar de cinema.
Uma nota apenas: a lista tem em conta os filmes que foram vistos em salas de cinema em 2008, incluindo naturalmente alguns produzidos em 2007 e mesmo um de 2006.
Ora aí estão os 15 filmes mais apreciados chez Joe nestes últimos 11 meses e 2/3.

15 - Bolt (Byron Howard, Chris Williams)
14 - No vale de Elah (Paul Haggis)
13 - O orfanato (Juan Antonio Bayona)
12 - Este país não é para velhos (Joel Coen)
11 - Juno (Jason Reitman)
10 - Wall-E (Andrew Stanton)
9 - O comboio das 3.10 para Yuma (James Mangold)
8 - Haverá sangue (Paul Thomas Anderson)
7 - Gomorra (Matteo Garrone)
6 - 12:08 a este de Bucareste (Corneliu Porumboiu)
5 - Aquele querido mês de Agosto (Miguel Gomes)
4 - Em Brugges (Martin McDonagh)
3 - Mist - nevoeiro misterioso (Frank Darabont)
2 - Antes que o diabo saiba que morreste (Sidney Lumet)

and the C70 oscar goes to...


Do outro lado (Fatih Akin)

O filme de que mais gostei este ano fala dos encontros e desencontros da vida. Desencontros entre pais e filhos, entre culturas e linguagens, entre a pureza dos ideais e a dura realidade, entre o ímpeto e a serenidade, entre o empenho que colocamos na concretização dos nossos planos e o acaso que os impede. Um filme belíssimo, daqueles que não se esquecem e que ganham mais qualquer coisa de cada vez que nos lembramos dele.

Prémio especial "banhada do ano": Uma segunda juventude (Francis Ford Coppola); ainda hoje me pergunto como é que aquilo foi possível?

4 comentários:

corpo visível disse...

.
é lindíssimo este "do outro lado".
.
um filme de como a vida pode ser, dos encontros inesperados que nos podem mudar, das perdas que vamos tendo pelo caminho, das mudanças e falta de certezas e do futuro que está sempre em aberto. gostei muito.
.
a tua "banhada" não vi mas a minha foi o "yella".
.

M.A. disse...

Tenho andado tão afastado das salas que, nos últimos doze meses, vi apenas três filmes, todos entre as tuas escolhas: "Gomorra", "O Orfanato" e "Este País...". Gostei dos três, embora o último tenha sido uma semi-desilusão depois do livro.

Ca:mila disse...

fantástico filme com uma belíssima fotografia!

O Puto disse...

Gostei muito deste filme também, que entrou no meu top 10 de 2008. Foi, provavelmente, o ano em que mais filmes vi em sala. E muito poucos me desiludiram. Em breve publicarei as preferências, mas adianto-as já:
1 - O Segredo de um Cuscuz, de Abdel Kechiche
2 - Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro de Fleet Street, de Tim Burton
3 - O Lado Selvagem, de Sean Penn
4 - The Darjeeling Limited, de Wes Anderson
5 - My Blueberry Nights - O Sabor do Amor, de Wong Kar-Wai
6 - Sedução, Conspiração, de Ang Lee
7 - Juno, de Jason Reitman
8 - Em Bruges, de Martin McDonagh
9 - Do Outro Lado, de Fatih Akin
10 - Aquele Querido Mês de Agosto, de Miguel Gomes
Menção Honrosa: WALL-E, de Andrew Stanton
Abraço e um excelente 2009!