31 dezembro 2008

Olhá lista!! - 3ª parte: álbuns e canções do ano

Mesmo a queimar o prazo, como de costume, este vosso amigo deixa aqui aqueles que considerou os discos e as canções mais relebantes do ano que se finda dentro de poucas horas. É mais ou menos consensual que foi um ano apenas razoável, em que houve melhores singles do que albuns. Alguns velhinhos consagrados fizeram discos que pessoalmente me decepcionaram: foi o caso de Beck, Breeders, Nada Surf, Stephen Malkmus e dos dEUS. Muitos rookies recentes não conseguiram segundos álbuns à altura das promissoras primeiras obras, como aconteceu com as CSS, com Albert Hammond Jr., com os Fujiya & Miyagi ou os Raconteurs. Surgiram no entretanto muitas e boas novas promessas/confirmações para os anos musicais vindouros, dos quais são exemplos os Taken by Cars, Black Kids, Vampire Weekend, Glasvegas, Mystery Jets, Ting Tings, MGMT, Tilly and the Wall ou Last Shadow Puppets.

Mas vamos lá a por os números aos bois e a fazer a lista dos 20 álbuns de 2006. Claro que se trata da minha lista, querendo eu dizer com isto que o critério pelo qual os discos estão ordenados é o facto de eu ter gostado deles mais ou menos - o que a torna extremamente discutível, rigorosamente tanto quanto qualquer outra lista dos milhões que andam por aí. E claro que há por aí muito disco a que ainda não dei a devida atenção, e que só em 2009 terão o seu espaço nos 120G do belo iPod classic que o bom Pai Natal me ofereceu. Aí vêm eles então:

20. Portishead - Third
19. MGMT - Oracular Spectacular
18. TV on the Radio - Dear Science
17. Bloc Party - Intimacy
16. Gutter Twins - Saturnalia
15. Mystery Jets - Twenty One
14. Foals - Antidotes
13. Kings of Leon - Only by the night
12. Ladytron - Velocifero
11. Sons and Daughters - This Gift

10. Last Shadow Puppets - The age of the understatement
09. Nick Cave and the Bad Seeds - Dig, Lazarus, dig!!!
08. Primal Scream - Beautiful future
07. Glasvegas - Glasvegas
06. Black Kids - Partie Traumatic
05. Vampire Weekend - Vampire Weekend
04. Taken by Cars - Endings of a new kind
03. The Duke Spirit - Neptune
02. Spiritualized - Songs in A&E

e o meu disco do ano foi

Sendo um tipo com gostos mais ou menos conservadores, que gosta sobretudo de rock feito de boas canções, guitarras e de um cheirinho grandiloquente, a minha escolha é mais ou menos previsível. Ao terceiro álbum, os BSP deixaram de se considerar reféns das suas bandas de referência do post-punk (sobretudo dos Sound e dos Psychedelic Furs, que de resto são boas referências em qualquer casa de família) e conseguiram atingir a quase perfeição pop-rock num disco que não tem pontos baixos. E que começa e acaba com um coda, como eu tanto gosto. Epá, chamem-me piroso se quiserem, o que é que eu hei-de fazer?...

Para terminar o balanço, deixo aqui 30 canções (sem qualquer ordem) que neste ano me ajudaram a viver um bocadinho melhor o tempo de crise que se sente. A minha canção do ano é aquela cujo clip podem ver lá em baixo.

Um grande, grande 2009 para todos. Que seja um beautiful future, gritado primitivamente a plenos pulmões.


  • Black Kids - I'm not gonna teach your boyfriend how to dance with you
  • Mystery Jets - Two doors down
  • Glasvegas - Geraldine
  • Ting Tings - Great DJ
  • Taken by Cars - Uh Oh
  • Teenagers in Tokyo - Very Vampyr
  • White Lies - Death
  • M83 - Graveyard girl
  • Nick Cave - Dig, Lazarus, dig!!!
  • Foals - Cassius
  • British Sea Power - No Lucifer
  • Chairlift - Bruises
  • Correcto - Joni
  • Kills - Cheap and Cheerful
  • TV on the Radio - Halfway Home
  • Tilly and the Wall - Pot Kettle Black
  • Vampire Weekend - Walcott
  • Sons and Daughters - Chains
  • Deerhunter - Nothing ever happened
  • The Duke Spirit - This ship was built to last
  • The Last Shadow Puppets - Standing next to me
  • Eagles of Death Metal - I'm your torpedo
  • Elf Power - Spiral Stairs
  • Supergrass - Diamond Hoo-Ha man
  • The Hold Steady - Sequestered in Memphis
  • Infadels - Free things for poor people
  • Lightspeed Champion - Tell me what it's worth
  • Kings of Leon - Sex on fire
  • Primal Scream - Beautiful future



7 comentários:

M.A. disse...

Por acaso, o teu n.º 1 é um disco que tem vindo a subir cosideravelmente na minha cotação. Sendo um adepto dos BSP desde a 1.ª hora, fiquei um bocadito desiludido ao começo (talvez pelo 'efeito Arcade Fire' de "Waving flags"). No entanto, perto do final do ano, comecei a ouvi-lo com alguma insistência para o puder reavaliar e, acredita, se fosse fazer o meu balanço daqui a um mês, teria, quase de certeza, um lugar mais honroso na minha lista.

Fico contente em saber que ainda há resistentes ao vírus Cut Copy :)

Grande abraço e um bom Ano Novo.

Luísa disse...

Tu querias dizer 2008 e não 2006, certo? Ou a música é tanta que ainda estás a processar com dois anos de atraso?

Joe disse...

M.A., o vírus Cut Copy atacou com força este ano. O único ainda mais intrusivo foi o vírus Fleet Foxes, a que também escapei :)

Colega, claro que era 2008.

O Puto disse...

Folgo em saber que tens uns nomes em comum com o meu top, principalmente o lugar cimeiro, que foi um disco que ouvi imensas vezes. Quanto aos vírus, não pude fazer nada. Sou um fraco. ;)
Abraço e um excelente 2009!

Shumway disse...

Uma excelente lista para um tipo com gostos conservadores, que gosta sobretudo de rock, mas do bom... Só Black Kids é que não me convenssem.

Abraço

eduardo disse...

Apesar de algumas divergências, temos sempre discos em comum.

2009 vai ser o ano dos Undercover DJ's!

eduardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.