27 maio 2007

O' happy days (2)

Passaram ontem 3 anos sobre a segunda maior alegria da minha vida de adepto da bola e do melhor clube do mundo. A coisa deu-se na Alemanha, mais exactamente num sítio chamado Gelsenkirchen. Desta vez não estava lá. Estava em casa de um amigo, acompanhado de amigos. Antes de fazer dois anos, o meu filho já era bicampeão nacional e tinha ganho duas taças europeias. Tunga!


2 comentários:

joaquim.guilherme disse...

Como é que fomos deixar sair o carlos alberto...e mesmo o pedro mendes...

Joe disse...

É uma pena, mas o Carlos Alberto tem tanto de talentoso como de insurra. Quando chegou ao Brasil conseguiu ser expulso 3 ou 4 vezes quase seguidas. E ao que se consta, foi ele que esteve na origem dos desentendimentos de balneário que acabaram por provocar a saída do Derlei.
Já o Pedro Mendes foi de facto uma pena. Não só por ter saído sendo o jogador que é, mas por todo o negócio envolvente...